Prefeitura Covid 19 / Internas

Coluna Janio Januzzi



“Um ser humano fora de série”

Queridos amigos! Quando nos deparamos com uma situação de perigo, devemos alertar os amigos; quando somos muito bem atendidos, também devemos compartilhar o mesmo! Há cerca de uns três anos atrás, constatei que meu setor de direção mecânica, estava com folga e necessitava de manutenção. Fui até o Joelito, que agora voltou a se chamar Só Eixos, próximo ao Detran, para minimizar os efeitos da folga no mesmo, inclusive fazendo uma revisão geral na suspensão, substituindo buchas, pivôs e terminais de boa qualidade, Axios por exemplo. Lembrando que a Só Eixos possui um maquinário eficiente, incluindo um gabarito para deixar o agregado/travessa da suspensão, como manda o figurino! Feito tudo isto, o próprio Joelito indicou-me que eu fosse à Hidráulica Maranhão para que eu revisasse o meu setor. O próprio Maranhão atendeu-me e para o meu desapontamento, informou- -me que não trabalhava com direção mecânica e que não conhecia quem o fizesse aqui em Goiânia, apenas direção hidráulica e que era o melhor nesta modalidade! Para o meu desespero, comecei a minha busca por mecânicas e mecânicos especializados neste assunto, inutilmente por sinal. Em minhas andanças, descobri inclusive uma loja, na Avenida da Consolação, que vendia os respectivos reparos. Só vendia, não indicava ninguém para efetuar o serviço. Agora, no último dia 9 de Outubro de 2019, voltei lá na Só Eixos, para fazer uma nova revisão e também assuntar sobre o tal setor de direção mecânica. Para a minha surpresa, o Joelito novamente veio com aquela história “você já foi lá na Hidráulica Maranhão?”. Eu devo ter feito aquela cara, mas resolvi praticar o Shoshin, isto é, mente de principiante, atestado de papel em branco. Dirigi-me ao Maranhão e novamente o próprio veio atender-me. Desta vez foi diferente, pois fui lá com o intuito de resolver o meu problema. Ele reconheceu-me e também valorizou o meu projeto cultural e esportivo, o Velocult que tento trazer para Goiânia desde 2016, e mais recentemente, incluindo a OSR-Old Stock Race. Ele pôde notar que eu realmente precisava de arrumar aquela folga, revisar o meu setor. Perguntou-me se eu havia encontrado alguém que o fizesse e devido a negativa da minha resposta, e o meu olhar de frustação, lançou a seguinte frase: “Você poderia trazer o seu Opala aqui na segunda-feira, bem cedinho?”. Eu até fiquei surpreendido com ele e já do lado de fora do carro, lhe indaguei: “mas você não mexe com setor mecânico, só hidráulico!”. E ele, com sua experiência de mais de 28 anos, disse-me que não iria arrumar o meu setor, mais iria, ao invés, substituí-lo por um hidráulico! Eu lhe disse prontamente, que no momento, não teria condições financeiras para isto e não poderia fazê-lo. Ele, mais uma vez surpreendeu-me e disse: “quem não entendeu foi você, Janio!”. A emoção tomou conta de mim e dirigi-me, novamente à Só Eixos, deixando a Hidráulica Maranhão, muito emocionado por sinal. Já com o Joelito, narrei toda esta história, incrível por sinal, que havia acontecido quando resolvi ir no Maranhão, praticando o Shoshin! Isto era uma quarta-feira, e não via a hora de chegar segunda-feira, “bem cedinho”. Já no dia marcado, dia 14, compareci no lugar abençoado, que iria resolver o meu problema, do meu Opala 79, que usufruo desde 85! O Maranhão indicou-me em qual Elevacar eu deveria colocar o meu carro, informou-me tudo o que ele iria fazer e disse que eu ficaria sem meu companheiro por uns dois, três dias! E complementou: “só um minutinho!”. Foi até o escritório da oficina e voltou próximo a mim e muito ligeiramente, colocando algo em meu bolso, disse que era para que eu pudesse deslocar-me de Uber, durante a Operação Direção Hidráulica! Já na calçada do lado de fora, visivelmente emocionado, mais uma vez, fui ver do que se tratava. Era uma nota de Cem Reais! Lá fui eu para a Só Eixos, e com o Joelito, narrei tudo o que havia ocorrido e o mesmo falou-me: “que bom que você decidiu ir lá!”. As lágrimas corriam, nesta altura do campeonato… Já na quarta-feira, 16 de Outubro, recebi o telefonema do próprio, Sr. José Matos Ribeiro, o Maranhão, confirmando que o carro já estava pronto. Dirigi-me ao local, de Uber, e pude ser surpreendido com a tal direção hidráulica, já instalada pela primeira vez, no meu 79, de 40 anos! Sua bondade não tinha fim, quando o mesmo informou-me que havia colocado Cem Reais de gasolina no meu carro! Depois disso, resolvi mandar fazer uns adesivos para a Hidráulica Maranhão, que através de seu dono, mais uma vez, atuou e não deixou-me pagar os custos dos mesmos! Não sei se merecedor de tantos benefícios, vindo de um estranho, porém, mais perto e irmão do que eu poderia imaginar. É de chorar! Muito obrigado pela atenção! Podendo prestigiá-lo, com uma visita para um cafezinho, um agradecimento, ou mesmo, um orçamento, eu ficarei muito agradecido!

Obrigado José Matos Ribeiro! Que Deus continue lhe abençoando!

Janio Januzzi – Membro orgulhoso do Opalagyn.

Coluna Janio Januzzi: Januzzi e José Matos Ribeiro, da Hidráulica Maranhão,
sintonia fina pelo antigomobilismo
Januzzi e José Matos Ribeiro, da Hidráulica Maranhão, sintonia fina pelo antigomobilismo

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba novidades..